Pai do jogador Éder condenado a prisão perpétua

O pai do jogador português Éder, herói do EURO 2016, foi condenado à prisão perpétua por estrangular sua parceira e lançar seu corpo num rio porque por suspeitar que ela o traia.

O futebolista fez a chocante revelação numa entrevista no início desta semana que seu pai estava atrás das grades no Reino Unido, por ter assassinado sua madrasta, não tendo revelado o nome do seu pai ou quaisquer pormenores sobre o crime. Então a equipa do MMO seguiu alguma fontes para trazer mais detalhes sobre a estória.

Filomeno Antonio Lopes foi condenado em Outubro de 2003 por matar Domingas Olivais, 30, e disse que ele deve servir pelo menos 16 anos atrás das grades quando ele foi entregue uma sentença de prisão perpétua.

Domingas Silva Olivais aged 30

Um júri em Norwich Crown Court ouviu que Lopes foi buscar sua parceira no trabalho no seu carro em Abril de 2002, atingiu-a com um bloqueador de volante, estrangulou-a e, em seguida, lançou seu corpo no rio Bure perto de Great Yarmouth.

As condições meteorológicas anormais fizeram o corpo subir à superfície onde foi encontrado num monte de areia em vez de ser arrastado para o mar. As investigações levaram até Éder que foi condenado a prisão perpétua, pelo júri que considera que “Este foi um assassinato brutal de uma mulher inocente“.

Lopes já era procurado pela polícia portuguesa depois de assassinar seu parceiro no âmbito de três assaltos à mão armada contra mulheres idosas.
Share on Google Plus

About Moz no Ar Oficial