Feira internacional em Maputo reúne 35 países

O aumento previsto deverá ficar a dever-se ao facto de se realizar em simultâneo com a feira o Fórum Económico Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), de que falta apenas a confirmação de Angola.


Países que tradicionalmente participam do certame e que apresentam o maior número de empresas, casos da África do Sul, Zâmbia, Brasil, Alemanha e Itália, já iniciaram os trabalhos de preparação dos respectivos pavilhões.


Zefanias disse ainda que mais de 700 empresas estrangeiras que participam a título individual já confirmaram a sua presença e vão-se juntar às delegações dos respectivos países e do lado de Moçambique estão inscritas 3200 empresas, contra 2250 do ano passado.


O Fórum Económico Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa vai dispor de espaço próprio na Facim 2016, em que todos os países membros, incluindo Moçambique, estarão representados.
Share on Google Plus

About Moz no Ar Oficial