FMI diz que dívida pública de Moçambique chega a 112,6% do PIB deste ano - MoznoAr

===DISTRIBUINDO NOVIDADES NO AR===


Hot

Post Top Ad

Your Ad Spot

terça-feira, 25 de outubro de 2016

FMI diz que dívida pública de Moçambique chega a 112,6% do PIB deste ano

 
O Fundo Monetário Internacional (FMI) considerou hoje que a dívida pública de Moçambique deve chegar a 112,6% este ano do PIB, depois de em Abril ter previsto que o valor fosse de 87,4%.




De acordo com a edição de Outubro de 2016 do relatório sobre as Perspectivas Económicas Regionais para a África Subsaariana, hoje divulgado em Washington pelo FMI, Moçambique verá a sua dívida pública subir para 112,6% este ano e abrandar para 103,2% em 2017.

Em causa está a divulgação de 1,4 mil milhões de dólares em empréstimos com o aval do Estado mas que não foram divulgados nem ao FMI nem ao Parlamento, não entrando, assim, nas contas públicas.

O relatório hoje divulgado reduz também a previsão de crescimento da economia de Moçambique face ao relatório de Abril, no qual os economistas do FMI antecipavam um crescimento de 6% este ano e uma aceleração para 6,8% em 2017.

Ainda assim, Moçambique é o país africano lusófono com o segundo maior crescimento este ano, apenas ultrapassado pela Guiné-Bissau, que deverá ver a economia expandir-se 4,8% do PIB este ano.

Na sequência da revelação das dívidas escondidas a três empresas públicas, os principais doadores de Moçambique cortaram os seus financiamentos ao país, que tem agora também o desafio de restaurar a confiança da comunidade internacional e melhorar a transparência das suas finanças públicas, observa o relatório.

O Governo moçambicano reconheceu no final de Abril a existência de dívidas fora das contas públicas de 1,4 mil milhões de dólares, justificando com razões de segurança e infraestruturas estratégicas para o país.

A revelação de dívidas com aval do Governo levou o FMI a suspender um empréstimo a Moçambique.

O grupo de 14 doadores do Orçamento do Estado também suspendeu os seus pagamentos, uma medida acompanhada pelos EUA, que anunciaram a revisão do seu apoio bilateral.

CRESCIMENTO ECONÓMICO..2016…..2017
Angola………………0,0…..1,5
Cabo Verde…………..3,6…..4,0
Guiné-Bissau…………4,8…..5,0
Guiné Equatorial…….-9,9….-5,8
Moçambique…………..4,5…..5,5
São Tomé e Príncipe…..4,0…..5,0
DÍVIDA PÚBLICA………2016…..2017
Angola………………77,7…..73,6
Cabo Verde………….119,2….117,8
Guiné-Bissau…………47,3…..45,7
Guiné Equatorial……..19,6…..21,9
Moçambique………….112,6….103,2
São Tomé e Príncipe…..90,8…..96,5

FONTE: Perspectivas Económicas Regionais para a África Subsaariana (Outubro 2016)



Post Top Ad

Your Ad Spot