"O Presidente Chissano não é elegível para mediador" Muchanga - MoznoAr

Breaking

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sábado, 24 de dezembro de 2016

"O Presidente Chissano não é elegível para mediador" Muchanga

A Renamo rejeitou ontem, o antigo Presidente da República, Joaquim Chissano, como mediador das negociações de paz com o Governo por considerar que ele é parte do conflito.


"Com todo o respeito que temos para com o Presidente Chissano, em nome da abertura e da verdade, e como porta-voz do partido Renamo, tenho a dizer que muitos moçambicanos de bem acham que não é elegível para mediador deste conflito porque ele próprio é parte dele", afirmou António Muchanga, em conferência de imprensa em Maputo.

Segundo o porta-voz da Renamo, Joaquim Chissano "sabotou o cumprimento integral do Acordo Geral de Paz na letra e espírito" ao não integrar homens da Renamo na Polícia da República de Moçambique (PRM) e no Serviço de Informações e Segurança do Estado (SISE).

Joaquim Chissano, manifestou na quarta-feira disponibilidade para ajudar no processo de diálogo entre Governo e Renamo, caso fosse solicitado.

As negociações de paz pararam na semana passada sem acordo sobre o pacote de descentralização exigido pela Renamo para cessar a crise política e militar e os mediadores internacionais abandonaram Maputo, referindo que só regressarão se forem convocados pelas partes. 

Post Top Ad

Responsive Ads Here