Urgente! Trump convoca países 'civilizados' para a guerra

O presidente dos EUA considera a possibilidade de nova guerra mundial. Saiba mais.

Os conflitos entre os Estados Unidos e outros países continuam aumentando. Recentemente, o presidente dos EUA #Donald Trump iniciou vários ataques a cidades da síria e a outros países, deixando vários mortos e feridos e muita destruição. Ele justificou o ataque a Síria afirmando que teria sido apenas em defesa de seu país.

Na última quinta-feira (03), Trump autorizou seu exército a explodir uma bomba de larga escala de devastação sobre o Afeganistão, que deixou 9 mortos e 7 feridos. O explosivo, que recebeu o nome de "a mãe de todas as bombas", nunca tinha sido usado, seu alvo foi um esconderijo do Estado Islâmico. O presidente deu uma entrevista para a imprensa mostrando-se bastante orgulhoso pelo bom trabalho de seus engenheiros e disse que tinha dado completa autorização para o lançamento da bomba. Falou ainda que os Estados Unidos têm o melhor exército do mundo e demonstrou estar preparado para uma possível #Terceira Guerra mundial.

Donald Trump ameaçou executar ataques também na Coreia do Norte, país que está entre seus principais inimigos. Não demonstrando medo, as autoridades da Coreia afirmaram em entrevista que não teriam piedade dos EUA se isso acontecesse e que estariam preparados para fazer uma devastação completa no país.


Na última terça-feira (11), Trump fez uma convocação em público a todos os países que se considerassem civilizados para que ficassem aliados aos Estados Unidos, a fim de acabar com o derramamento de sangue e com os conflitos. Os países que foram convocados pelo presidente americano serão obrigados a fazer envio de algumas tropas com militares para combate. Ele alegou que, a mando do governo sírio, o exército teria executado um ataque químico com agentes mortais e que muitas pessoas teriam morrido, incluindo bebês inocentes, e que queria lutar pelo fim dos ataques. Em contradição a suas próprias palavras, Trump costuma responder a todos os ataques com armas, bombas e mísseis, que atingem milhares de pessoas inocentes, para demonstrar a soberania do seu país. Ele disse ainda que quer que todos os países ajam com sabedoria para encarar os problemas e que reza pela vida dos civis que ficaram feridos ou morreram nos conflitos. Trump é conhecido por ser um presidente rígido, crítico e impiedoso, e dificilmente está disposto a fazer acordos de paz com as nações que se mostram inimigas dos Estados Unidos, preferindo sempre o ataque à defesa. #Coreia do Norte
Share on Google Plus

About Moz no Ar Oficial