Serviço de Migração sanciona perda de passaporte - MoznoAr

===DISTRIBUINDO NOVIDADES NO AR===


Hot

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Serviço de Migração sanciona perda de passaporte




Todos os casos de perda de passaporte que for comprovado serem resultado de negligência por parte do titular passam a ser sujeitos a pesadas sanções, adverte o Serviço Nacional de Migração, SENAMI.



Neste contexto, segundo Cira Fernandes, porta-voz da Migração, ao titular será cobrado o dobro da taxa devida, actualmente fixada em 2.778 meticais, no acto do pagamento do novo documento, que representa custos ao Estado.



“Caso se comprove que houve negligência na perda deste documento, o visado terá de pagar o dobro para voltar a tratá-lo”, afirmou Fernandes citado na edição deste sábado do jornal “Notícias”.



Não podemos estar a desperdiçar material com a mesma pessoa que frequentemente fica sem o passaporte. Por isso, apelamos a todos os cidadãos para que conservem bem os seus documentos e, em caso de perda, roubo ou ainda extravio devem participar o caso às autoridades policiais”, acrescentou.



Disse que a Migração está preocupada com o aumento, em mais de 100 por cento, de casos de perda/roubo/extravio de passaportes por parte de cidadãos nacionais, com destaque para a cidade de Maputo.



Só na última semana, 31 cidadãos reportaram a perda de passaportes contra três em igual período do ano passado.



Num outro desenvolvimento, a fonte apontou que durante o período em análise o SENAMI registou uma redução em cerca de 35 por cento de pedidos de documentos para cidadãos nacionais e estrangeiros, com destaque para os pedidos de passaportes e Documento de Identificação de Residente Estrangeiro (DIRE).



Ao todo foram recebidos nos balcões de atendimento do SENAMI 5.703 documentos contra 8.832 em igual período do ano passado. [FM]

Post Top Ad

Your Ad Spot